segunda-feira, junho 29, 2009

segunda-feira, junho 15, 2009

domingo, junho 14, 2009

PASSOU O EFEITO?


Programa Studio I da Globonews, apresentado pela jornalista Maria Beltrão, na última sexta-feira.

"Agora diretamente do Recife a repórter Bianka Carvalho (uma que está fazendo a cobertura das buscas do voo 447) com outras informações".
Entra no ar a tal jornalista (F0T0), um sorrisão escancarado, quase uma risada, como se estivesse cobrindo um momento de descontração na Granja Comary: "foram encontrados mais corpos e mais destroços... "

Com idignação, escrevemos imediatamente ao site online do programa a seguinte mensagem:

"Maria Beltrão, poderia explicar qual a graça que a repórter está achando nos fatos que está narrando'?

Meia hora se passa sem que a mensagem apareça junto às outras que os espectadores enviam ao site. Enviamos então uma segunda mensagem:

"Maria Beltrão, o Studio I só registra mensagens elogiosas ou também aceita críticas?"

Novamente a mensagem não aparece online, que dirá ao vivo.

No Jornal Nacional, a mesma repórter aparece novamente, só que agora com a maior cara (de enterro) de pau.

quinta-feira, junho 11, 2009

ISSO PORQUE "BERLUSCONI!" NÃO CONSTAVA NA LISTA.



REVISTA CIENTÍFICA REVELA QUAIS OS INSULTOS MAIS OFENSIVOS PARA OS ITALIANOS
A revista científica Focus realizou uma pesquisa sobre os insultos considerados mais ofensivos pelos italianos. Segundo a publicação, as expressões que ofendem com maior intensidade são "porco Dio" e "porca Madonna", que identificariam Deus e a Virgem Maria, respectivamente, como porcos.
A maioria dos termos mais ofensivos está relacionada a sexo, tendências sexuais e atitudes fora da lei. A revista elaborou uma tabela com índices de 0 a 3 para medir o grau de vulgaridade das expressões propostas. As palavras "zoccola" e "troia", que taxam as mulheres de prostitutas, estão um grau abaixo de "figlio di puttana" (filho da p...).
Outras expressões com um índice alto são "stronzo" (imbecil) e "mafioso", com 2,3, que estão dois décimos acima de "frocio" e "culo rotto", que dão uma conotação negativa ao homossexualismo masculino. Já o insulto que menos ofende os italianos é "ateo" (ateu). A pesquisa concluiu que os termos mais graves estão relacionados a violações da lei e condutas sexuais, o que mostra uma "visão machista e homofóbica", apesar de uma "aparente liberdade de costumes".
A revista também fez um perfil do italiano mais sensível às palavras vulgares. Segundo o estudo, trata-se da mulher com mais de 50 anos, religiosa e habitante do sul do país. Ela se sentiria mais ofendida por expressões relativas a sexo, moral, religião e descumprimento de normas.
Pouco mais da metade das expressões propostas na enquete foi considerada "pouco vulgar ou inofensiva" pelas pessoas ouvidas. A publicação atribui este fato à mudança dos valores sociais e à descriminalização dos palavrões em 1999. Segundo a publicação, os italianos não consideram graves os termos relacionados a fatores sócio-econômicos e étnicos. Por isso, palavras como "giudeo" (judeu) ou "arabo" (árabe) têm um potencial de ofensa baixo.
Estes termos não tocam "diretamente os italianos", já que as pessoas que responderam à pesquisa expressaram "pouca identificação com o drama dos estrangeiros".

quarta-feira, junho 10, 2009

ENTRE MÓVEIS E UTENSÍLIOS


Numa pesquisa da Editora Abril, figuram numa lista os seguintes eletrodomésticos que o pesquisado possa ter em casa, como representativos de seu poder aquisitivo:
Câmera Digital
Rádio
Geladeira simples
Geladeira duplex (com freezer)
Tv em cores
Video Cassete
Aparelho de DVD
Freezer (independente)
Empregada mensalista
Home Theater
Aspirador de pó
Notebook / Lap Top
Máquina de lavar roupa
Computador (de mesa)
MP3/IPOD
Palm Top/Hand Held

domingo, junho 07, 2009

SUGESTÁO PARA PRESENTE CHIQUÉRRIMO DE DIA DOS NAMORADOS



- Não... Acho que vou levar essa outra aqui, pode embalar pra presente. Minha namorada coleciona...

- Ela coleciona canecas?

- Não exatamente.
________________________________________________
Enquanto isso, na Barra da Tijuca...
- E você, o que vai dar no Dia dos Namorados?
- Estou pensando numa coisa bem radical...

sexta-feira, junho 05, 2009