sábado, janeiro 06, 2007

QUÃO FILHO-DA-PUTA É PRECISO SER...


... PARA SE ROUBAR O CACHORRO DE UM MENDIGO?

Pois foi o que aconteceu com o pobre que vive ao pé da Igreja da Matriz, em Botafogo.
Roubaram-lhe o Sansão, um vira-latas grande e simpático que, além de ser seu provável único bem e fonte de afeto, certamente lhe servia de protetor e gerente de marketing.
Desde o dia 23/12, não mais.

4 comentários:

Leandro disse...

Em um país onde se pode atear fogo em mendigo (Putz! Erraram, era só índio!) roubar cachorro é o de menos...

Camarada Arcanjo disse...

Leandro,

A maldade do humano não tem limites. Quando se trata de gente, o inimaginável é muito provável acontecer.

Semelhante a este caso, na Ilha do Governador no Rio de Janeiro, existia uma mendiga que vivia conversando com seu amiguinho canino. Conversava horas, e ele prestava atenção, nunca se afastava dela.

Viviam os dois na rua de uma escola particular, não ficavam perto da escola, mas perambulavam por lá.

A dona da escola mandou um PM levar na marra o cachorrinho dela, o seu único amigo. A mendiga sofreu muito, chorava sozinha por dias. A dona do colégio acrescentou a sofrida vida da mendiga dois sofrimentos adicionais, a solidão e a saudade.

Incendiar ônibus com pessoas vivas dentro ou incendiar índios só para ver o sofrimento do outro, são crueldades naturais nos humanos.

"Mondo cane"? Mundo humano!

S0MBR4 disse...

Deve ter virado sabão...

Ricardo Rayol disse...

isso é uma filho-da-putice sem nome