segunda-feira, janeiro 08, 2007

TÃO BOND QUANTO OS OUTROS...


... OU MELHOR!

E eu que achava que Daniel Craig, o novo 007, com seu ar de camponês do Leste Europeu, não tinha nada a ver com a imagem do emblemático, moreno e sofisticado James Bond já incutida no meu inconsciente coletivo... enganei-me!
Loiro e rústico, vá lá; ele pode não ter o physique du role, mas fala sério... Que role não ia querer um physique destes em volta?
O bicho é tão bom que até o vilão vê-se obrigado a render elogios invejosos à evidente boa forma do herói.
E o filme... ótima diversão. Sem aqueles exagerados efeitos especiais (e espaciais) que fizeram do último filme de Pierce Brosnan (aquele sim, um típico 007) um motivo de riso penalizado. Quase 3 horas se passam sem que você perceba, entretida com o visual, a ação, a espetacular abertura e música...
Cassino Royale parece feito para as mulheres; tem tudo na medida, romance e aventura:
Lugares que você queria visitar, o homem que você queria pegar, o carro que você queria ter, a mulher que você queria ser...

12 comentários:

sergio disse...

Ôpa, finalmente um comentário cinematográfico neste blogue hehe! É sempre bom ler a visão feminina sobre os filmes. Se bem que no caso trata-se mais da visão feminina sobre Daniel Craig, mas enfim...
Não sou um bondmaníaco, mas dificilmente alguém conseguirá superar Sean Connery no papel.
Mas até que gostei desse filme, consegue equilibrar bem ação e romance. Eva Green é bonita, mas tb em matéria de Bond Girl continuo preferindo Ursula Andress. Ah, Ursula...hehe!
Bjs! :)

S0MBR4 disse...

hmmm...
deu o braço a torcer!

;-p

CrissMyAss disse...

Realmente, Sérgio, vou passar a comentar mais filmes aqui. Mas gostei não só do D. Craig como do filme: a produção do Bond se recuperou do fiasco, na minha opinião. Realmente nunca haverá um Bond tão Bond quanto Sean Connery, mas Pierce Brosnan não ficou mal nem nas vestes nem sem vestes de 007.
Quando falei da "mulher que você queria ser" não me referia apenas à água-com-açúcar da Eva Green, mas principalmente da vilã morena e seu corpinho mais ou menos.
Ursula Andress, também acho, foi a mais bonita e charmosa Bond Girl (e se você lembrar, foi a única mulher realmente gata a contracenar com o Elvis; todas as outras parceiras do King eram muito fracotas para o papel...)

Ricardo Rayol disse...

Considerando que o cara tem jeitão de bicha louca sei não...

Giulia disse...

Ah! Pra mim também o mais melhor de bond foi o Sean Connery.

CrissMyAss disse...

Qualé, Ricardo... morde aqui, que isso é comentário de quem tá com inveja...
Ele não tem o menor jeito de bicha, acredite.
__________________________________
Giulia, quem gosta de passado é museu. Vai por mim, vê o filme, depois me conta.

sergio disse...

Criss, concordo apenas em parte em relação às parceiras do Elvis. A maioria delas eram bem fraquinhas mesmo, mas além da Ursula a Ann-Margret tb se deu muito bem (segundo consta em todos os sentidos hehe!) com o King :)

CrissMyAss disse...

Realmente a Ann Margret era linda e boa atriz de comédias.

Giulia disse...

Peraí, hoje o cara não passa de um babão, mas você tem que abstrair! Tem que comparar cada um na sua melhor forma, senão fica alhos com bugalhos. Putamerda, o comentário vai evaporar de novo. Que raio de blogger!!

Homem-Hipérbole disse...

Ele pode ser charmoso, mas parece o porteiro la de casa. Parece que nasceu no Ceará. "My name is Bond, James Bond Mocó Sonrisal Colesterol Mertiolato Mufumo".

Denise Sollami disse...

um gato, este Daniel Craig!
só não compreendo o depilar o peito - será um metrossexual?
p.s. num tem jeito de tirar essa verificação de palavras? precisa mesmo disso?

CrissMyAss disse...

Denise,sobre a verificação de palavras vou ver se é possível desvinculá-la do moderador de comentários que fui obrigada a rehabilitar aqui, pelo menos por uns tempos - o que muito lamento.
___________________________
Quando ao Bond, BondMais, se é verdade que ele depila e não nasceu daquele jeito, ele deve fazê-lo só por uma razão: ficar ainda mais gostoso, ehehehe.
bjs,