quinta-feira, agosto 03, 2006

O FUTURO CHEGOU!

A CIÊNCIA APLICADA AO ESPORTE
Em experiência inédita, (curiosamente denominada Brokeback Mountain Project), a engenharia genética de ponta e o glamuroso do mundo dos esportes uniram-se para criar um super-técnico. Alguém capaz de agradar torcedores, governo, e ainda atrair o público feminino.
O técnico perfeito para a Seleção em 2010.
Cientistas conseguiram combinar os genes de Marcelo Antony com os de Rodrigo Santoro, gerando uma criatura extraordinária que hoje fez sua precoce estréia no futebol.
O rapaz foi apresentado ao público em entrevista coletiva, logo após sua contratação para trainee de treinador no juniores do Fluminense.
Os pais, orgulhosos, receberam petit-comitè em uma penthouse cinematográfica emprestada da produção de As Panteras, filme em que Rodrigo Santoro fez participação especial.
Papai Antony, como sempre, forneceu um bagulho do bom.
O Fluminense contribuiu para o brilho da festa fornecendo pó-de-arroz da melhor qualidade.
Veja a seguir a matéria completa no JB:
Antony Santoro é o novo técnico dos juniores do Fluminense
(Para o Mello, bonitão e tricolor)

12 comentários:

CrissMyAss disse...

a matéria do JB:
Antony Santoro é o novo técnico dos juniores do Fluminense
RIO - A diretoria do Fluminense anunciou nesta quarta-feira o nome do novo treinador do time de juniores. Trata-se de Antony Santoro, que no último Estadual dirigiu o time juvenil do Flamengo. Santoro, que chegou nesta quarta a Xerém, foi recebido pelos diretores do clube e acertou os últimos detalhes do contrato. Ele será apresentado aos jogadores na quinta-feira. O novo treinador falou sobre a oportunidade de dirigir o Fluminense.
- Espero dar continuidade ao excelente trabalho de vanguarda que o Fluminense faz nas categorias de base. A estrutura de Xerém é maravilhosa. O clube é muito organizado. Vou procurar corresponder às expectativas da diretoria, que apostou na minha contratação - afirmou Santoro, que elogiou bastante a qualidade do elenco tricolor.

gugala disse...

ótimo.quáquáquá

S0MBR4 disse...

Essa mistura só pode gerar um técnico boiola e doidão...

Frederico disse...

Ué, mas tipo assim, o Antony é doidão mas o Santoro não é boiola não. Acho ele o maior gato... :-p

Gui disse...

Pô, se vc não tivesse esclarecido eu ia ficar achando que tinha fumado o mesmo matinho cabuloso que o Anthony costuma dar um tapinha... xiii.
Um abraço.

strix disse...

Frederico, Frederico....!

Sei lá não ?!

Frederico disse...

heheheheheheee....

Ricardo Rayol disse...

Tudo bem que foi uma experiencia genética mas qual dos dois ovulou?

Serjão disse...

Antony é Botafogo e Santoro é Vasco; O Fluminense é só um detalhe. Abs

José Alberto Mostardinha disse...

Viva:

...futebol brasileiro não comento :-)

Mais uma amiga visita,
...como não podia deixar de ser,
Agradeço o teu precioso comentário,
Que no Estados Gerais gostarei de lêr!

Um abraço,

Strix disse...

Uma vez, pelo menos, a minha Cris se comunica com alguém que vale a pena visitar. Esse José Alberto Mostardinha convém visitar. Recomendo. É muito bom o "guri".

Mello disse...

Heh... Antony Santoro??? Heh eh eh... Engraçado isso. Seja lá qual for o resultado do experimento genético, o fato é que o Fluminense realmente produz vários jogadores talentosos em casa. Aquela parada lá de Xerém é mesmo um celeiro de craques. O problema é que, quando chegam ao "profissa", os moleques começam a fazer merda atrás de merda. Vejam o pobre Lenny, por exemplo. Não tá jogando mais nada. Bola quadrada, quadrada. A bola da vez é o nosso lateral convocado pelo Dunga, o Marcelo. O moleque é ensaboado, joga um bolão. Daqui a pouco vai entrar na onda decadente... E agora está despontando o Juliano. Vamos ver quanto tempo vai durar...

O fato é que eu, agora que sei que sou *bonitão*, não preciso me preocupar com isso, não é? É só sair por aí, barbarizando. :-p

HA HA HA!!!