quinta-feira, novembro 30, 2006

NÓIS GANHA POUCO MAS NÓIS SI DIVERTE

A van lotada, caindo aos pedaços, passa devagar pela pista da esquerda, em plena Nossa Senhora de Copacabana, sete e meia da noite.
Em frente à Galeria Menescal, o maior engarrafamento, o motorista saca o megafone - em geral utilizado para anunciar seu itinerário aos potenciais fregueses. Aponta o aparelho para fora da janela, enquanto observa os e as camelôs que estendem suas quinquilharias sentados junto ao meio-fio, de costas para a pista e anuncia, aos berros:
"Atenção, atenção, senhores passageiros: O cofrinho está aparecendo!"

16 comentários:

Strix, o burro disse...

Vou esperar outros comentários prá entender essa pô...
Sácumé, deve ser coisa da idade ou de cidade.

Camarada Arcanjo disse...

Ó! Strix.
Primeiro sempre, tá aceso! rsrs

gugala disse...

o buraco das moedas é debaixo do rabo?

eduardo lima disse...

É por causa do tamanho da poupança?
Mussum Forévis!

jayme disse...

É de onde se quita a tarifa.

Alexandre disse...

O motorista esta aqui na caixa de comentarios?

Giulia disse...

O Strix deve tá com medo da concorrência, cada dia mais humirde... Será que ele já comprou o anel?...

Ricardo Rayol disse...

ahahahahahahah só no Rio um sujeito vai andar dirigindo e prestando atenção nos cofrinhos alheios.

CrissMyAss disse...

Strix
Embora pareça incrível você não saber, "cofrinho" é como se chama a parte da bunda que aparece quando a pessoa senta, a camisa sobe e a calça desce.

Frederico disse...

vc está com predileção por porquinhos? (ou ninguém notou?)

strixflamea@bol.com.br disse...

Intão tá.
Mas ainda prefiro o azul

disse...

hahahahahahahahahahahahhahahahahahahaha
ajsdhjasdha, gasp.

S0MBR4 disse...

cofrinho azul é bem mais caro que $2 strix, seu mao de vaca!!!!rssss

rayol... em copacabana nao tem transito...tem engarrafamento!!

Serjão disse...

È o principal problema desta cidade. Estas Kombis malucas caindo aos pedaços dirigida por irresponsáveis. Este além de irresponsável é idiota.

Serjão disse...

Corrogindo: É o principal relativo a transporte urbano

leila disse...

hahahahahahaha!

eu morava na Belizário Távora, laranjeiras, estava tocando o interfone um monte e o porteiro não aparecia. daí a kombi do ferro velho passava devagar e anunciou no alto falante: "atenção porteiro do 274, a madame quer entrar! esse é mais um serviço de utilidade pública do seu ferro velho"

saudades do Rio :)